Divagando

By PCN

Terça-feira, aula de Literatura. O garoto teve um dia difícil, prestar atenção na aula hoje estava sendo especialmente complicado. Barroco, que chatice! Nessas horas ele preferia estar em outro lugar, com seus amigos... Amigos? Que amigos? Ele se sentia tão solitário!

Logo ele se lembrou de uma música e anotou uma frase em seu caderno:
"Será que alguém ainda olha por mim?"

Como se sentir sozinho em um ambiente com tanta gente? No cursinho em especial temos os mais variados tipos de pessoas, com as mais variadas formas de pensamento e conduta, todos visando o mesmo objetivo: Passar no vestibular. Não, decididamente não tinha como se sentir sozinho... Mas ele se sentia.

Começou a olhar para os lados, aquele papo de Barroco realmente não o atraia. Percebeu que ele não era o unico desgostoso: Para boa parte da turma também estava dificil aturar aquela aula, mas todos estavam lá por um bem maior, e se esforçavam. Se bem que para aquela guria ali da frente, era realmente fácil ouvir as palavras da professora. E o negão... Bem, ele não para de azarar aquelas menininhas ali do canto, talvez o bem maior pra ele seja diferente do da maioria.

Ele olhou para o lado, seus colegas estavam encarando-o. Com um sorriso, uma moça disse pra ele voltar a prestar atenção na aula, pois a matéria era importante. Concluiu que tanta divagação talvez estivesse chamando a atenção dos seus colegas, e resolveu voltar a aula... Mas antes pensou em compartilhar toda sua história com seus amigos de internet (os que raramente ele costumava ver, mas que mesmo assim tinham uma importância enorme para ele).

E então veio o estalo: Seus colegas de classe, seus amigos de internet e mais infinitas pessoas estavam com ele. Se sentir sozinho é diferente de estar sozinho afinal.

Logo abaixo da pergunta escreveu um SIM ele letras garrafais e voltou a estudar o barroco português.
 

22 comments so far.

  1. J. I. W. 5 de maio de 2010 00:39
    Barroco realmente eh difícil.
    Mas o engraçado eh que jah aconteceu de eu estar na sala de aula cercado de alunos e me sentir mais só do que se tivesse em um quarto sozinho.
    Legal o texto.
  2. Érico Pena 5 de maio de 2010 03:03
    Melhor q Barroco somente as figuras de linguagem da literatura
  3. kilder 5 de maio de 2010 10:37
    Eu gostava muito das aulas de literatura, parabéns pelo blog. Boa semana.
  4. Roma 5 de maio de 2010 13:31
    E quantas vezes pessoas tão diferentes tem esse mesmo sentimento.

    Estar sozinho.

    Blog legal, abraço
  5. Thamyzinha Iwasaki 5 de maio de 2010 13:35
    rsrs barroco realmente é complicado mais adorei demais o texto, rsrs é chato quando vc ta na aula e não consegue presta atenção rsrsrs^_^

    muito bom o blog parabens
  6. Fabricio bezerra da guia 5 de maio de 2010 13:50
    ninguem fica empolgado em aulas de barroco.eu nem me lembro do que isso se trata ,mas eu lembro que já explicaram na escola
  7. Senhorita Altendorf 5 de maio de 2010 16:22
    eu estou com vc!
    ^^
    que lindo!
    mas se sentir sozinho é natural, ainda mais quando estamos numa situação desagradável.
    Eu adoro literatura, estaria curtino d aula a lot.. mas enfim.
    estuda garoto!!!
    ahuehauehue
  8. Jeh Pagliai 5 de maio de 2010 21:58
    Estando aqui em Portugal, digo: as aulas saum um bocado pior.
    É ruim ter q estudar uma cultura que não é nossa, sendo exaltada e nos, sabendo que não "é bem assim" tendo que concordar com tudo isso. MAS... rs

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com
  9. Vicky! 6 de maio de 2010 11:26
    Acredito que seja um sentimento universal, rs. Mas é tambem necessário às vezes e nos faz crescer basante.

    Coenta no meu blog. texto novo!
    bjs
  10. Paz!!!Luara no Reino!!! 6 de maio de 2010 14:54
    quem é o negão?É o professor?
    Acho que é uma tradição de professores de literatura,cantarem as alunas mesmo...
    Agora vc pode pode saber,das suas colegas se "o bem é maior mesmo..."e tal..rs(só pra descontrair)
    http://www.prosperarteonline.blogspot.com/
  11. Talles azigon 6 de maio de 2010 23:56
    Barroco é chato para mim, gosto do espontanêo, do moderno.a

    Mais feliz dos que têm amigos e tem certeza de que os tem. belo texto
  12. Macaco Pipi 6 de maio de 2010 23:59
    A DIFERENÇA NOS FAZ SENTIR MAIS!
  13. Milena Torres 7 de maio de 2010 00:27
    Aconteceu quase igual comigo quando eu fazia cursinho, mas eu ficava parada vendo o pessoal, só sacando o modo como eles se moviam,mascavam o chiclete, faziam muganga.. ueheuhee.. uma coisa bem viajada e era engraçado!
    mas eu voltava logo pra prestar atenção na minha aula de Literatura, eu gostava de ouvir meu professor falar! *-*

    Gosteeei! o/ ;***
  14. Guilherme Bayara 7 de maio de 2010 08:45
    Que texto lindo!
    Parabéns!

    Por mais que o sentimento de solidão apareça algumas vezes, percebemos que sempre teremos alguém que estará ao nosso lado.
  15. O Volume Único 7 de maio de 2010 10:11
    maneiras muito parecidas de ver a vida.
    formas muito semelhantes de passar isso.

    muito bom cara!

    continue com a gente
    www.ovolumeunico.blogspot.com
  16. Vestibulando 7 de maio de 2010 10:48
    Concerteza Barroco é um tema complicado de ser abordado, mas é ótima as aulas de literatura. Para quem tem gosto por este arte, terá ânsia de saber sobre o tema. Além do mais, muito bom como você abordou o tema pessoal em cima disto.
    Visite
    www.blog.maisestudo.com.br
    ABs
    MaisEstudo
  17. kathleen 8 de maio de 2010 01:07
    Parabéns por mais um texto moço.
    Está excelente.
    O estilo literário Barroco é meio perplexo realmente, mais tudo se torna melhor quando estamos mais á vontade com as pessoas.
    ja passei por uma situação assim,e é realmente desconfortante, você olhar ao redor, ver tanta gente e ao mesmo tempo se sentir sozinho;
    Bom precisando de ajuda, a amiga estará sempre aqui.
    BeijOs
    Boa sorte moço;
  18. Jackson 8 de maio de 2010 14:19
    E eh nesse momento que me orgulho de ser amigo do PCN o cara sabe traduzir sentimentos comuns em palavras
    As vezes e muitas vezes cercado de pessoas agente se sente sozinho neh

    Parabens PCN
  19. Paulo 9 de maio de 2010 11:46
    Odeio essa parte da literatura, realmente barroco é de foder a vida -.-'.
    Me identifiquei muito com algumas partes do texto, excelente ! *-*
  20. MARNUNEFREI 16 de maio de 2010 07:41
  21. Ma 20 de maio de 2010 01:43
    Ahh.. eu gosto do Barroco '-'
    Mas a Neusinha eh tensa ^^'
    ashuahs
    mas isso não vem ao caso..

    Só tenho uma coisa pra dizer...
    VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!
    por mais que eu não te veja todos os dias...
    ^^

    Te amo s2
  22. Mumu 7 de agosto de 2010 21:30
    Muito bom o texto!
    E Barroco realmente é um pé no saco. hehe

    www.escritasdiretas.blogspot.com

    beijos

Something to say?